Rio Capital da Energia

Sabendo da importância do Estado do Rio de Janeiro na segurança energética do país, no compromisso com a competitividade e desenvolvimento socioeconômico do Estado do Rio de Janeiro, além da necessidade de diversificar a matriz energética por meio da atração e desenvolvimento de novas cadeias produtivas, tecnologias e inovação, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais - SEDEERI institui o Programa Rio Capital da Energia cujo objetivo é dotar o Estado do Rio de Janeiro com um plano de mobilização do setor energético, voltado para orientar e construir as políticas energéticas estaduais, a partir das ações definidas pelo seu Conselho Estratégico e executadas por meio de instituições parceiras do programa.

ORIENTAÇÕES ESTRATÉGICAS

MISSÃO: consolidar o Estado do Rio de Janeiro como a “Capital da Energia”, referência em SEGURANÇA no abastecimento nacional, protagonista na TRANSIÇÃO energética do país para uma matriz mais diversificada, com redução das emissões de gases de efeito estufa (GEE) e orientado para COMPETITIVIDADE do custo da energia. VALORES: responsabilidade com o público; compromisso com o desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro; valorização dos recursos naturais; geração de emprego e renda; PRINCÍPIOS: inovação; efetividade; transparência; diálogo; cooperação; diversidade; senso de dono; VISÃO: tornar o Estado do Rio de Janeiro referência em eficiência, diversidade, planejamento e desenvolvimento dos recursos energéticos até 2029.

DIRETRIZES

SEGURANÇA: atuar em parceria com o governo federal e parceiros do Programa Rio Capital da Energia, a fim de estabelecer as diretrizes estaduais e políticas energéticas nos segmentos de petróleo e seus derivados, gás natural e condensado, da energia termonuclear, dos biocombustíveis, da energia solar, da energia eólica, da eficiência energética e da energia proveniente de outras fontes alternativas, de forma a assegurar posição estratégica do Estado do Rio de Janeiro na segurança energética nacional; COMPETITIVIDADE: promover a competitividade do Rio de Janeiro e atrair investimentos por meio de ações para reduzir o custo da energia e aumentar a qualidade do serviço prestado à população, adotando a eficiência energética, a inovação e o desenvolvimento tecnológico como mecanismos de economia da energia e combate às perdas; TRANSIÇÃO: tornar o Estado do Rio de Janeiro pioneiro na transição energética do país, a partir da disseminação das vocações regionais, da atração da cadeia produtiva e desenvolvimento das fontes renováveis, e estimular a maior utilização do gás natural.

GOVERNANÇA DO PROGRAMA

Organograma

A Governança do Programa Rio Capital da Energia é composta por um Conselho Estratégico, uma Secretaria Executiva e dois Comitês Técnicos, que visam assessorar o Governador do Estado do Rio de Janeiro na formulação de políticas e diretrizes no setor de energia. O Conselho Estratégico tem como competência orientar e propor políticas energéticas, estudos, pesquisas, projetos e constituir grupos de trabalho que assegurarão a execução das diretrizes e ações do Programa Rio Capital da Energia.