Maior produtor nacional

O Brasil responde por cerca de 1% do total de reservas provadas de petróleo do mundo, com viabilidade econômica de produção de 12,6 bilhões de barris. O estado é responsável por 72% da produção de petróleo e o maior produtor de gás natural do país. Mais de 80% das reservas descobertas na camada do pré-sal brasileiro estão localizados nas regiões offshore confrontantes com o Rio de Janeiro.

As reservas de petróleo e gás natural do Rio de Janeiro estão localizadas no mar, predominantemente na Bacia de Campos, nas áreas dos municípios de Arraial do Cabo, Cabo Frio, Armação dos Búzios, Casimiro de Abreu, Rio das Ostras, Macaé, Carapebus, Quissamã, Campos dos Goytacazes, São João da Barra e São Francisco do Itabapoana. No estado do Rio de Janeiro, a Bacia de Santos é composta pelas plataformas marítimas situadas ao longo da costa dos municípios de Angra dos Reis, Paraty, Itaguaí e Mangaratiba.

O estado conta com a maior infraestrutura nacional de armazenamento e distribuição de petróleo e seus derivados, composta por oito instalações de terminais e oleodutos, além de sediar um dos maiores polos mundiais voltados para o desenvolvimento de tecnologia para a exploração e produção de petróleo em águas profundas, o Centro de Pesquisa da Petrobras (Cenpes) e o Parque Tecnológico da Universidade Federal do Rio de Janeiro. As grandes empresas que atuam no setor também estão localizadas no Estado do Rio de Janeiro, como Petrobras, Shell, Statoil, Agip, CNOOC, ExxonMobil, Total, Chevron, Repsol, entre outras.

O parque fabril de transformação de petróleo e gás é composto pela Refinaria Duque de Caxias da Petrobras, a Refinaria Refit, (ex-Manguinhos) da iniciativa privada e o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), em construção.

A Reduc é responsável por 80% da produção de lubrificantes no país e conta com 43 unidades de processamento de gás natural. Os principais produtos fabricados são óleo diesel, gasolina, querosene de aviação, asfalto, nafta petroquímica, etano, propano, propeno, parafinas, lubrificantes, GLP, coque e enxofre.

A Refinaria Refit constitui-se em planta industrial com capacidade de processar 14 mil barris de petróleo por dia, produzindo de gasolina A, óleo combustível tipo 1, aguarrás mineral, SBP, SBP S60, hexano grau alimentício, hexano grau químico, heptano S7 e heptano S8.

Por último tem-se o Comperj em fase de implantação, quando entrar em operação, irá processar 21 milhões de metros cúbicos por dia de gás do pré-sal da Bacia de Santos.