38 Unidades de Conservação e 25 Parques Ecológicos

O Rio de Janeiro tem a maior área de Mata Atlântica preservada do país, conta com 38 unidades de conservação ambientais estaduais, que correspondem a 15% de seu território, 13 parques e reservas sob administração federal, 12 parques estaduais, além das áreas de preservação ambiental sob administração dos municípios e reservas particulares situadas em áreas privadas.

As unidades de conservação de proteção integral e de uso sustentável somam 462.542 hectares, não incluída a área total em Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN).

Os parques estaduais têm atrativos naturais de excepcional beleza, como praias, maciços rochosos, lagos, rios, e cachoeiras, capazes de deslumbrar os visitantes mais exigentes e de oferecer opções de lazer e aventura para todos os gostos, desde famílias que queiram desfrutar um fim de semana tranquilo em contato com a natureza até praticantes de esportes de aventura desejosos de testar suas habilidades no ambiente natural em atividades como caminhadas, escaladas em rocha, voo livre, surf, canoagem, mergulho e tantas outras.

A temperatura e a distribuição das chuvas pelos meses do ano variam de acordo com o relevo e a proximidade do mar. Existe a predominância de três tipos de clima, o tropical semiúmido, o tropical de altitude e o tropical.

A predominância do clima tropical semiúmido ocorre nas áreas de baixas altitudes, com destaque para as áreas da Baixada Fluminense e Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Essas áreas apresentam temperatura média anual em torno de 24 graus, com chuvas abundantes no verão e invernos secos. A pluviosidade ultrapassa os 1.500 milímetros anuais.

O clima tropical de altitude ocorre nas terras altas (Serra do Mar, parte do Vale do Paraíba do Sul e planalto de Itatiaia), e se caracteriza por temperaturas mais amenas, verões pouco quentes e chuvosos e invernos frios e secos. Nessas áreas, a temperatura média do mês mais quente é de 22 graus. Vale ressaltar que no planalto de Itatiaia são registradas as temperaturas mais baixas do Estado do Rio de Janeiro.

O clima tropical apresenta-se ao Norte Fluminense, caracteriza-se por ser estação chuvosa no verão, de novembro a abril, e nítida estação seca nos períodos de inverno, de maio a outubro, com destaque para o mês de julho, considerado o mais seco. A temperatura média no mês mais frio gira em torno de 18 graus, e as precipitações anuais são, na média, igual a 1.800 milímetros.