2º maior estado exportador

O Rio de Janeiro subiu do terceiro para o segundo maior estado exportador do país em 2019. O seu posicionamento regional estratégico e a infraestrutura portuária, aeroportuária e rodoviária, interligando o estado às principais economias do país, fazem do Rio de Janeiro um dos principais hubs de entrada e saída de produtos e commodities.

Em 2019, as exportações do Rio de Janeiro registraram o melhor desempenho desde 2013.O Estado registrou saldo comercial de mais de USD 5,5 bilhões no primeiro semestre de 2019, puxado pelo expressivo aumento nas exportações e queda nas importações. O resultado manteve o Rio como o segundo estado brasileiro com maior fluxo internacional, atrás apenas de São Paulo.

Dentre os destaques da balança comercial do semestre estão os avanços em equipamentos de informática e eletrônicos; em máquinas e equipamentos; e em coque e biocombustíveis.

No acumulado de 2017, as exportações somaram mais de US$ 21 bilhões, tendo como principais destinos China, Estados Unidos, Chile, Argentina e Cingapura, e principais produtos exportados, combustíveis minerais, ferro e aço, veículos automotores e autopeças, embarcações e obras de metais. Já as importações somaram mais de US$ 11 bilhões, tendo procedência, principalmente, dos Estados Unidos, Arábia Saudita, China, França e Alemanha. Os principais produtos importados foram combustíveis minerais, reatores nucleares, caldeiras e instrumentos mecânicos, produtos químicos orgânicos, produtos farmacêuticos e máquinas e aparelhos elétricos.