2º Maior do Brasil

A excelência da estrutura de desenvolvimento e inovação tecnológica existente no Estado do Rio de Janeiro, responsável por cerca de 20% da produção científica nacional, decorre não só da presença de inúmeros centros de pesquisas e parques tecnológicos, como também da qualidade do trabalho por eles realizado, são projetos de ponta centrados em pesquisas voltadas para o incremento da competitividade das empresas e, igualmente, para a melhoria da qualidade de vida da população.

As inúmeras e representativas instituições que integram o ecossistema de inovação do Rio de Janeiro, um dos maiores da América do Sul, é um dos principais aspectos que contribui para a atratividade do Rio de Janeiro para a atividade empresarial.