As publicações regulares tanto do Balanço Energético, como da Matriz Energética do Estado do Rio de Janeiro, busca caracterizar as demandas pelas diversas fontes de energia por parte dos diferentes consumidores: residencial, comercial, setor público, industrial, agropecuário e do setor de transportes, visando ao melhor aproveitamento dos recursos energéticos existentes, não somente, petróleo e gás natural, mas também a energia solar, eólica, biomassa, biogás e biocombustíveis.

Estes estudos visam permitir que o Estado se antecipe com visões prospectivas do Setor e garanta o fornecimento de energia em um horizonte de longo prazo, não somente para as diversas atividades produtivas, mas também para o bem-estar geral da população fluminense.